Aromaterapia na prática: Como utilizar a técnica de forma correta


O interesse pela aromaterapia tem crescido cada dia mais, e não é à toa. A técnica, além de ter benefícios comprovados na melhora de diversos males, torna-se uma alternativa natural para quem deseja tratar um problema sem a necessidade de consumir remédios artificiais. Como ainda é uma forma de terapia nova,  algumas dúvidas com relação a esse processo é algo comum. Você sabe, por exemplo, como utilizar os óleos essenciais? Pode parecer algo de importância secundária mas, acredite, não é. 

Se você está começando agora na aromaterapia e ainda não sabe ao certo como utilizar os óleos essenciais, você está no lugar certo. Abaixo, vamos falar das alternativas de uso dessas substâncias. 

Como usar os óleos essenciais 

Inalação 

A primeira delas, e a mais comum, é a inalação do óleo. Esta é a forma mais completa de obter todos os benefícios e efeitos do elemento, isso porque as moléculas do líquido chegam mais facilmente ao sistema límbico do cérebro, causando alterações no funcionamento do corpo, e é a partir disso que ocorre a "cura" do seu problema. 

Caso opte por esta alternativa, você pode começar com inalações leves e ir aumentando o número e a intensidade com o tempo. Comece devagar, com 3 a 7 respirações seguidas, várias vezes ao dias. Depois de um tempo de uso, você pode pular para 10 a 15 e, por fim, 10 a 15 minutos de inalação, mas, agora, apenas 3 vezes ao dia, no máximo. Não é necessário sequer pingar a substância em algum tecido, a inalação pode ser feita direto do frasco. Fique atento às informações do produto, a composição deve ser 100% óleo essencial, isso garante que você tenha os efeitos terapêuticos.

Aromatizador 

Uma outra alternativa na hora de utilizar os óleos essenciais são os aromatizadores. Basta pingar no aparelho, junto com água, cerca de 2 a 3 gotas do óleo escolhido e pronto. O aromatizador vai criar uma nuvem de fumaça, liberando o aroma em todo um cômodo. Para quem adora dicas de economia, na hora que for comprar o seu, se puder, opte pelos ultrassônicos. Eles fazem um melhor aproveitamento do óleo, além de serem dois em um: aromatizador e umidificador de ar. Você encontra algumas opções aqui

Evaporador 

Essa é uma excelente alternativa para quem deseja utilizar o óleo essencial no trabalho e poder controlar a intensidade do cheiro. Basta pingar algumas gotas em algum pano limpo ou em um algodão. Essa técnica permite que a substância vá evaporando aos poucos. Quanto mais perto do tecido, mais forte será o cheiro e vice e versa. 

Sprays

O spray é ótimo para quem quer aromatizar vários locais e é bem fácil de fazer. É só adicionar algumas gotas de óleo essencial dentro do frasco, juntamente com uma parte de álcool e a água e borrifar onde você quiser. Não esqueça de sempre mexer os líquidos para que eles se misturem bem. Isso evita que você borrife apenas água no ar. 

Banho 

O banho, sem dúvida nenhuma, é um dos momentos mais relaxantes do dia, e você pode tornar esse momento ainda melhor com os óleos essenciais. Para tanto, porém, é preciso que você tenha uma banheira. Está deve ser enchida com água morna, aí é só adicionar algumas gotas de óleo essencial, sempre diluídos em uma colher de óleo vegetal, álcool de cereais ou mesmo leite... e pronto, agora é só relaxar. 

Gostou das nossas dicas de como utilizar os óleos essenciais? Nos conte o seu favorito nos comentários e não esqueça de visitar nosso site para garantir o seu e de compartilhar este artigo com seus amigos. Até a próxima! 


1 comentário


  • Newton Pereira

    Tô adorando as dicas todas! Obrigado e sucesso!


Deixe um comentário


Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados



Carregando Ambiente Seguro